strong, b { font-weight: 700; } -->
--- menu fixo original ---

[RESENHA] Antes de partir desta pra uma melhor, de Jonathan Tropper

Fazia tempo que eu não me divertia tanto com um livro!  Na verdade, desde que li A Agência de Investigações Holísticas de Dirk Gently. Antes de partir desta pra uma melhor é repleto de tiradas sarcásticas que me conquistaram logo de cara e me proporcionaram altas gargalhadas em locais públicos. Sim, o famoso mico. Mas apesar disso, no fundo este livro tem uma temática bem melancólica.

Silver é cara de meia de idade, um ex astro do rock, que depois de ver o fim de sua banda e de seu casamento conseguiu tomar as decisões mais erradas na sua vida. Se tornou um grande fracasso como marido, pai e músico e passou a morar no Versales - um condomínio que tinha tudo para abrigar famílias felizes e bem sucedidas, mas que acabou sendo tomado por caras fracassados enfrentando processos de divórcios que acabam doando espermas para ganhar um extra no orçamento. Como é o caso de Silver e seus amigos, Jack e Oliver.


Porém, apesar de ser um fracassado e ausente pai, Casey, sua filha adolescente, acaba procurando por Silver para dividir um segredo e procurar por apoio: ela está grávida. Casey é uma das personagens responsáveis pelas diálogos sarcásticos, mas o sarcasmo e a ironia não estão só nos diálogos como em muitos acontecimentos do livro. Na tentativa de ajudar, o ex astro de rock acompanha sua filha em uma clínica para realizar o aborto. Mas, claro, Silver tinha que arranjar um jeito de estragar tudo e ele o faz, passa mal e vai parar no hospital do noivo de sua ex mulher.

"Tudo oque toco se transforma em merda, pensa ele, não com autocomiseração, mas com um fascínio quase científico." (p. 166)

Quando descobre que precisa urgentemente de uma cirurgia no coração ele decide que o mundo vai ficar melhor sem ele e resolve não fazer a cirurgia. Mas acontece que ao decidir ignorar seu grave estado de saúde ele tem que lidar com as consequências da doença, como nunca saber se está apenas pensando ou falando tudo o que pensa.

Este livro tem sido comparado com Alta Fidelidade, de Nick Hornby, mas apesar destes livros terem, sim, certa semelhança por seus personagens cometerem muitas babaquices, não achei Silver e Rob parecidos. O personagem de Nick Hornby é um babaca assumido que caga para o fato se está ou não fazendo mal para alguém. Já Silver é quase uma catástrofe natural, por mais que ele tente ele não consegue não fazer besteira e se sente mal por acabar magoando as pessoas que ama.

Antes de partir desta pra uma melhor é um livro super envolvente que dá para terminar em um ou dois dias, mas que eu acabei enrolando bastante para terminar só para não ter que dizer adeus aos personagens e ao humor do Jonathan Tropper. Aliás, há muito tempo quero ler um livro do autor que também ficou muito conhecido e até virou filme, Sete Dias. Alguém por aí já leu?

CONVERSATION

3 comentários:

  1. Este livro está na minha lista! Desde que o vi pela primeira vez, tive vontade de ler.

    Beijos
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei o blog! Adorei como você falou do livro, fez eu me interessar muito por ele. Gostei muito da capa também, sempre é a primeira parte a me atrair. Vou colocá-lo em minha lista de leitura.
    Meu blog é novo, se seguir eu retribuo
    http://meninadalivraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. o li, mas não percebi o final. O Silver passa dessa para uma melhor????

    ResponderExcluir

Voltar
ao topo