strong, b { font-weight: 700; } -->
--- menu fixo original ---

[MINHAS IMPRESSÕES] A Playlist de Hayden, de Michelle Falkoff

Quando comecei a ler esse folheto com os 9 primeiros capítulos do livro fiquei um pouco confusa. Na capa temos um menino e uma menina com fone de ouvido, mas no início da história percebemos que se trata da amizade entre dois meninos. O livro é narrado por Sam, um adolescente meio deslocado que acabou de descobrir que seu melhor e único amigo, Hayden, cometeu suicídio. Então, por que a menina? Bem, ela vai aparecer em algum momento da história, isso eu posso garantir. Também posso adiantar que o nome dela é Astrid (adoro esse nome) e é a personagem que mais gostei (pelo menos por enquanto).

Outro ponto que também me deixou um pouco atordoada, pelo menos a princípio,  é que não achei que a narrativa estava convencendo no quesito de passar a ideia de que é um menino narrando a história, mas acho que acabei me acostumando. Também achei que a autora forçou um pouco a barra nos clichês dos socialmente renegados, mas o importante é a mensagem que ela quer passar, que é linda e todo mundo deveria prestar atenção. Bastante atenção.

Sam é quem encontra Hayden morto, como se não fosse ruim o bastante ter presenciado a cena, o menino também se sente responsável pelo suicídio do amigo devido algum desentendimento que tiveram em uma festa. Os acontecimentos dessa festa passam a ser um dos grandes mistérios da história. Isso mesmo, um entre muitos mistérios!

Outro grande mistério, e que dá nome ao livro, é uma lista de músicas que Hayden deixa para Sam junto com um bilhete dizendo "OUÇA. Você vai entender.". E por causa dessa playlist acho que seria bem legal se o livro viesse com um CD, como vem no Alma Celta, ou com pendrive (afinal, estamos vivendo na era dos  avanços desenfreados da tecnológia).

Mas o que me deixou bem ansiosa para saber o resto da história é que o folheto termina justo quando alguém passa a vingar a morte ou melhor a causa da morte de Hayden e começa a falar com Sam usando a conta de Hayden de um jogo de RPG (meio creep mas bem legal!). Também estou bem curiosa para saber se meus palpites quanto ao que ocorreu na festa e a mensagem que Hayden quer passar com a lista de música estão certos.

Clique aqui para adicionar o livro no Skoob.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Já um um post sobre esse livro, quero muito ler, estou ficando cada vez mais curiosa :3
    E não sei porque, mas pensei que Sam era uma garota, fico bem feliz que você tenha dito que não, ia ser um choque começar a ler o livro, pensando que era narrado por uma garota e encontrar um garoto narrando, hahaha.
    Beijos,
    cabanadosanjos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No início do livro também achei que Sam fosse menina! Até porque a capa é um menino e uma menina. <As é um menino mesmo, bem nerd, bytheway hahah :P

      Excluir

Voltar
ao topo