-->

RESENHA: A Rainha da Fofoca Fisgada, de Meg Cabot

Quando você se pega pensando "esse livro tá bom, mas precisava de um mais leve, engraçado" é porque está na hora de fazer uma pausa. Está na hora de ler Meg Cabot. E foi exatamente isso que eu fiz :)

Cabot pode não ser a escritora mais talentosa de todos os tempos. Muita gente até acha que ela é meio oportunista e que vai na onda das modinhas, mas essa já é outra discussão. Uma coisa você pode ter certeza, ela vai arrancar alguns sorrisos e risadas com todas as trapalhadas que todas as suas protagonistas conseguem se meter.

E esse livro, não é diferente. No entanto, se você não sabe que esse é o terceiro livro de uma trilogia, por favor, clique aqui e depois aqui, se tiver interesse. Se você pouco se importa, pega aqui na minha mão e vem comigo!


Lizzie Nichols já conquistou o emprego dos seus sonhos ou pelo menos está bem perto de conquistar. Trabalhando como restauradora de vestidos de noiva  e totalmente fisgada pelo príncipe encantado, não teria como Lizzie estar mais feliz. Ou pelo menos é assim que ela acredita que deveria estar se sentindo. Mas o que acaba acontecendo é que sempre quando olha para o seu anel de noivado de muitos quilates ou  pensa em começar a planejar seu casamento com Luke, seu braço se enche de urticárias (alergias). E pode ser que isso tenha a ver com o breve caso que teve com o ex de sua melhor amiga Shari.

Repleto de falas engraças, muitas de autoria de Chaz, da subcelebridade Ava Geck e da avó de Lizzie, A Rainha da Fofoca: Fisgada me conquistou muito mais do que os outros dois livros anteriores. Nessa história sentimos o quanto a protagonista amadureceu, apesar de ainda ter umas crises de cabeçadura de não querer enxergar coisas que estão debaixo do seu nariz. Mas quem nunca, não é mesmo?!

Eu não me lembro de ter me indentificado com o Lizzie Sistema de Comunicação, isso é, de não conseguir controlar o que fala e sair despejando litros e litros de informações sem pensar duas vezes. Só que nesse livro eu me identifiquei e muito, porque a Lizzie não saí por aí simplesmente fazendo fofoca (sempre com boas intenções, claro) como nos livros anteriores. Ela simplesmente vai guardando pequenas irritações por tanto tempo que quando chega no ápice, explode! E, bem, eu sou exatamente assim.

A Meg também mostrou sua capacidade de fazer com que você deixe de gostar, ao longo dos livros, daquele personagem do primeiro livro  - que era tão fofo e perfeito - sem perder a coesão. Porque, gente. No primeiro livro o Luke era um deus grego, no terceiro ele tá mais para capeta. Muitas vezes eu quis mandar ele (e a Lizzie) à merda. Em compensação, a autora também conseguiu transformar um personagem de simples coadjuvante a "por favor, onde encomendo um desses para mim?"

Então, se você está no clima de uma leitura leve, rápida, que te faça rir e se sentir mais leve, essa trilogia é uma boa pedida! Vale a pena só para chegar nesse terceiro livro ;)

CONVERSATION

13 comentários:

  1. Eu não sou muito fã da autora por isso nunca nem me deu muita vontade de ler os livros, mas adorei a sua resenha, ficou ótima!


    Bejos,
    Carolina's Book Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Carol! (pode chamar de Carol?)

      Conheço muita gente que não gosta muito do estilo da Meg, eu gosto porque acho engraçado! Não são histórias super bem elaboradas, mas para esses momentos de "esfriar a cabeça" funcionam muito bem ;)

      Beijos!

      Excluir
  2. Ainda não li os primeiros volumes da trilogia, por isso não li a resenha completa. Mas confesso que os elogios destinados à autora me deixaram bem curiosas para ler os livros da série...
    Beijos, Bru
    www.sobrelivroseetc.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre faço isso, Bruna! Quando vejo que a resenha não é do primeiro livro da série eu paro de ler e vou procurar uma sobre o primeiro livro para ver se interessa ;)

      Beijos!

      Excluir
  3. Nunca li nada da Meg Cabot!!! Para o meu desafio de contos tenho um dela programado, vamos ver o que acho :)
    Adorei a resenha, vc conseguiu transformar algo que primeiramente achei insosso em uma coisa atraente e me deixou com vontade de ler! Principalmente pq adoro leituras leves e descontraídas...

    Beijos Babii!!!

    http://subexplicado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca li um conto da Meg! Depois vou lá no Subexplicado para ver o que você achou ;)

      Minhas séries preferidas da Meg é A Mediadora e Desaparecidos. Os dois são de histórias sobrenaturais :)

      Beijos, Cah!

      Excluir
  4. Eu já li alguns livros da senhorita elogiadíssima Meg Cabot.
    Um foi um fracasso e jamais recomendarei para alguém (Pegando Fogo) e os outros dois fazem parte de uma série (1 e 2 de A Mediadora). Mesmo os dois últimos que li sendo legais não são originais em sua essência e até hoje nunca encontrei nenhum livro dela que realmente me fisgasse. Entretanto tenho planos de continuar a série de A Mediadora.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh.. que pena, Inês :/
      A série Mediadora é a minha preferida! Mas realmente os livros da Meg não são muito originais, mas como disse na resenha, são ótimos quando você está precisando de uma leitura mais leve e engraçada (eu adoro o humor da Meg).

      Mas se for analisar enredo e escrita, realmente, não é lá grande coisa.

      Beijos!

      Excluir
  5. Oie! Tenho que criar coragem (ou vergonha na cara) e pegar outro titulo ou série da Mag para ler, só fiquei na Mediadora e adorei. Por ter gostado tanto assim da leitura e da forma como escreve tenho certeza que vá gostar do restante =)

    Gostei do enredo obrigada pela dica! Pretendo colocar na minha futura listinha da Mag!

    Beijos Joi
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joi! Que bom que gostou! Outra série dela que eu estou adorando é Desaparecidos, depois dá olhada ;)

      Beijos!

      Excluir
  6. Acho que já passou da hora de eu ler Meg Cabot, meu presente de aniversário desse ano será a série Mediadora, eu só escuto falar bem dos livros dela. Adoro livros leves e engraçados.
    Já anotei a sugestão...

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se você gosta de livros leves e engraçados, certeza que vai amar os livros da Meg Cabot! Quando ler e se fizer resenha, me avisa que eu quero ver o que você achou ;)

      Beijos!

      Excluir
  7. Ainda não li nada da Meg Cabot mas tenho muita vontade, seus livros parecem mesmo ótimos de ler para nos divertirmos e passarmos o tempo. Ainda não conhecia a série deste livro e achei o enredo deste bem interessante, parece ser mesmo bem divertido! É uma boa dica que tenho certeza que irei usar quando estiver a procura de uma leitura leve e divertida. :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Voltar
ao topo