strong, b { font-weight: 700; } -->
--- menu fixo original ---

O sucesso das Redes Sociais e a mais nova sensação do momento, o Orelha de Livro

Tudo começou com o misterioso surgimento de um site – e na época ninguém sabia muito bem como classifica-lo - que apenas podia fazer parte aqueles que eram convidados por e-mail. Que grande mistério era o princípio do Orkut! Você saía caçando alguém que já tivesse cadastro e praticamente implorava para que a pessoa lhe enviasse um convite.

O Orkut aqui no Brasil chegou a atingir em determinado momento 30 milhões de usuários! Para vocês terem uma ideia o estado do Rio de Janeiro possui em torno de 16.231.365 de habitantes, de acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE em julho de 2012. Seria quase o dobro do Rio de Janeiro dentro do Orkut – e se formos parar para pensar na enorme desigualdade econômica  presente nesse grande país chamado Brasil, esse número assusta ainda mais.

E com a explosão de sucesso da rede social,  foram surgindo  outras derivadas. Porque todo produto que é bom e inovador, no fim sempre acaba com um concorrente. Surgiram, então, redes sociais aos montes! Umas muito parecidas com o próprio primogênito  e outras que se segmentaram, como o  Myspace.
Mas... Peraí, Barbara, por que você está falando de tudo isso? Bom, porque eu quero falar, na verdade, da realização do sonho de todo leitor viciado em redes socais...


As redes sociais de livros

A primeira que conheci foi o Skoob (e que grande surpresa foi descobrir que “skoob” na verdade era “books” ao contrário! E ainda um site brasileiro!).  Nela você podia colocar os livros que você estava lendo, leu e iria ler, além de seus favoritos e deixar sua opinião sobre o livro. Mas, ao contrário do Orkut, e atualmente do Facebook, no Skoob era difícil você se ver vagando pela rede sem ver a hora passar.

Para mim, isso se deu por causa de um pequeno deslize da rede: era difícil se comunicar com os outros usuários. Às vezes eu até chegava a passar meses sem acessar a minha conta, porque, como escutei de muita gente, a rede era um pouco “parada”.

Mas por que parada? Bom,  por que o Orkut , o Facebook e o Twitter nos acostumaram com a chamada “timeline”, “linha do tempo” ou “feed de notícias”, na qual você vê  o que seus amigos estão postando, comentando, vendo, curtindo e por aí vai. E é justamente esse detalhezinho  que faltou nas outras redes sociais de livros e que eu encontrei no Orelha de Livro, a mais nova rede social para os amantes de livros! Nela a interação é muito mais simples e fácil.

O site Orelha de Livro é ligado a sua conta no Facebook, então se alguém entrar para rede e for seu amigo: você vai saber; se alguém que você segue, seja blog, autor ou amigos postar, comentar, atualizar qualquer coisa: você vai saber. Você pode seguir os seus blogs favoritos e ter, em um lugar só, todos os posts recém postados. Ao acrescentar um livro na sua biblioteca ele automaticamente aparecerá no seu feed, juntamente com os comentários que todos os que já leram ou daqueles que estão lendo.

O feed também permite bater aquele papo sobre aquele livro que você amou, mas não conhece ninguém que tenha lido para poder trocar figurinha com você. No Orelha de Livro você não precisa caçar por outros amantes de livros, porque o debate todo já vai estar no seu feed! Então, se vocês, como eu, ficaram curiosos apenas com esse pequeno detalhe da rede, recomendo que clique aqui e experimente! Porque por mais que eu fale que o Orelha de Livros é super legal, vocês só vão saber mesmo quando entrarem e verem com os próprios olhos ;)

CONVERSATION

8 comentários:

  1. Oi Babi *-*
    Eu adorei seu post viu?
    O Orelha de Livro é a nova rede social de livros né, eu já me cadastrei e confesso que gostei bastante. :) É bem diferente do Skoob, que foi a primeira que eu conheci. Achei que ia ser semelhante e tal, que ia ter duas redes sociais iguais e nem queria me cadastrar. Dai quando vi, totalmente diferente.
    Beijos,
    Jéssica - Ela e Seus Livros
    http://elaeseuslivros.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quando comecei a ler e vi orkut fiquei tipo o.O kkkkk, faz tanto tempo que eu criei um e quando exclui o meu não fez a minima diferença, não sabia que no começo era por convite. Ah, eu sou tão lerda que não tinha percebido que skoob era books ao contrário.
    Adorei o post.
    Beijos

    Capricornizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. A Orelha de Livro é muito mais eficiente do que o skoob, mas o skoob ainda tem suas vantagens (como as cortesias). Adorei mesmo o seu blog e já estou seguindo aqui e no Orelha.

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/
    (Retribua?)

    ResponderExcluir
  4. Conheci essa rede a pouco tempo e adorei, fui convidada para ser top blog fiquei ainda mais feliz. Muito legal o seu post, parabéns ;)

    Beijos! ♥
    http://viajantesdaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelo post informativo. Já tinha ouvido falar nesta rede social, mas até agora não me cadastrei. Acho que vou fazer isto hoje.
    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ta todo mundo comentando sobre esse site, ele vem crescendo muito nos últimos tempos, mas eu sou tão apegada ao meu Skoob que me sinto como se tivesse cometendo uma grande traição só de clicar no link para dar uma espiadinha haha
    Tambem ja ouvi falar de outro site chamado O Livreiro que as pessoas gostam bastante, mas nunca tive coragem de trair meu skoob com nenhum dos dois!

    Beijao Babi!
    www.centraldaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Van!

      Eu tive esse mesmo problema, o skoob é a paixão nata, né? Não tem como, que nem o Orkut, demorei muito para me desapegar (eu ainda tenho perfil lá...). Mas o Orelha do Livro realmente teve esse pequeno diferencial que eu descobri no post do Literatortura (www.literatortura.com.br). Aí fiquei curiosa e fui dar uma espiadinha! É legal, só não gostei de ter que logar pelo Facebook :/

      Beijos!

      Excluir
  7. Eu devo ser a única que não sabia o que era Skoob, já cheguei até a procurar no google tradutor e discutir com minha prima sobre o que era! VERGONHA haha Conheci o Orelha de livro à pouco tempo, fiz até uma conta mas não me adaptei muito bem, quem sabe quando ela cescer um pouco mais. Te indiquei pra uma tag, passa lá depois :) http://cantinholiteral.blogspot.com.br/2013/08/tag-nacional_3888.html

    ResponderExcluir

Voltar
ao topo