-->

#DIÁRIODEBORDO: Les Machines de L'île

A segunda parada da minha visita à Europa foi a cidade de Nantes. Para quem não sabe, Nantes é uma cidade do interior da França, próxima da Espanha, que antigamente fazia parte da Bretanha. Além disso, foi aonde nasceu e cresceu um dos grandes nomes da ficção científica, Júlio Verne (descobri que o nome em francês seria Jules Verne).

Autor de A Viagem ao Centro da Terra, Vinte Mil Léguas Submarinas e Volta ao Mundo em Oitenta Dias, Júlio Verne ficou conhecido pelas referências científicas, pela criação de máquinas exóticas e por causa de algumas criaturas estranhas. E foi para homenagear o escritor francês – misturando o universo mecânico de Leonardo da Vinci e a história da cidade – que nasceu o Les Machines de L’île (em uma tradução literal: As Máquinas da Ilha).


O mais legal de lá é o Le Grand Élèphant, um elefante mecânico gigantesco que fica andando para todos os lados e ainda solta jatos de água pela tromba. E ele pode transportar até 50 passageiros. Infelizmente não fiz o passeio no Le Grand Élèphant porque tínhamos pouco tempo para ficar por lá e infelizmente também não fui na casa do Julio Verne.

Mas fui no Le Carrousel de Mondes Marins, um carrossel com criaturas marinhas. É bem interessante, mas não achei que valesse o preço de entrada.  E, a princípio, eu achei que fossem todas criaturas do Júlio Verne, mas como não li nem um livro dele, não tenho como confirmar isso. Quem souber, me avisa! :)

Depois descobrimos que o ingresso do Le Carrousel de Mondes Marins também servia para ver a sala de
workshop de como o carrossel e o Le Grand Élèphant foram montados. E esse sim foi bem legal, passava um documentário explicando tudo, como começou a ideia do Les Machines de L’île e como foi a elaboração da parte mecânica da coisa toda.

Bem gente, as fotos eu vou ficar devendo para vocês de novo :/ Infelizmente, agora mesmo que me dei conta que as fotos desse dia sumiram! Acho que esquecemos de passar para o computador e acabamos deletando da máquina.

Porfavornãomebatem! Prometo que no próximo Diário de Bordo eu coloco fotos autenticas, tiradas da minha máquina ou da máquina das meninas que viajaram comigo. Para quem quiser ver mais fotos, o do Le Grand Élèphant eu peguei desse Flick aqui que são ó-ti-mas! A do Le Carrousel de Mondes Marins eu não achei a autoria =/

CONVERSA

0 comentários:

Postar um comentário

Voltar
ao topo